Pular para o conteúdo principal

FINIT apresenta Campus Party Minas Gerais 2018 em BH



FINIT apresenta Campus Party Minas Gerais 2018 em BH
Com um formato diferenciado, entrada livre e novo endereço, o encontro tem a expectativa de receber 30 mil campuseiros e visitantes no Serraria Souza Pinto
Campus Party, maior imersão em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo, confirma a realização da terceira edição do encontro em Belo Horizonte. A Campus Experience ocorrerá entre os dias 7 e 10 de novembro e chega repleta de novidades. Confira:  
Diferente formato e novo espaço
A organização investe em um formato diferenciado batizado de Campus Party Experience. A ideia é levar uma real experiência – não somente para quem já conhece e trabalha com tecnologia, mas também para a família e visitantes não tão familiarizadas com as temáticas do evento. O espaço Serraria Souza Pinto receberá atrações especiais como área de drones, hackathon, espaço Startup & Makers – com exposição de 64 startups em estágios mais embrionários e mais avançados, e a Maker Faire – uma das maiores feiras globais do movimento maker; além de área dedicada aos simuladores. 



Neste novo formato, serão mais de 100 horas de conteúdo entre palestras e workshops e mais de 70 palestrantes compartilhando conhecimento nos três palcos: Feel the Future (principal), Empreendedorismo e STEAM (que do inglês significa Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática), além dos workshops Coders (voltado para quem gosta de programar) e Makers (cultura maker – de colocar a mão na massa).
Entrada livre e incentivo privado
Para este ano, a Campus Party contará com uma área única – resultado da união de parte da Arena (área paga) com a Open Campus (conhecida como a área gratuita do evento). O acesso será mediante inscrição prévia na plataforma campuse.ro – na aba de Minas Gerais. Para se inscrever, acesse: quero.party/cpmg. A expectativa é receber 5 mil pessoas, entre campuseiros e visitantes. Adicionalmente, esta edição não terá área de camping.

A realização do evento é apresentada pela Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (FINIT) e, também, resultado da parceria feita pela MCI, organizadora da Campus Party, com a iniciativa privada. “Mesmo com as incertezas no cenário político-econômico, a Campus Party não poderia virar esse ano sem passar por Belo Horizonte, uma das suas praças mais importantes. Queremos que todos os mineiros tenham a oportunidade de vivenciar essa experiência, que pela primeira vez será totalmente gratuita”, diz Tonico Novaes, diretor-geral da Campus Party Brasil. 
Serviço:
FINIT apresenta: Campus Party Experience
Data: entre 07 e 10 de novembro

Local:  Serraria Souza Pinto - Av. Assis Chateaubriand, n. 899 - Centro, Belo Horizonte  



Sobre a Campus Party
A Campus Party é a maior imersão tecnológica em Internet das Coisas, Blockchain, Cultura Maker, Educação e Empreendedorismo do mundo. O evento conta hoje com mais de 550 mil campuseiros cadastrados em todo mundo, e já produziu edições em países como Espanha, Holanda, México, Alemanha, Reino Unido, Argentina, Panamá, El Salvador, Costa Rica, Colômbia, Equador, Itália e Singapura. O evento está presente no Brasil há dez anos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Midsommar - O mal não espera a noite tem um quê de dèjá vu com pontas de originalidade, mas peca por ser longo

Com influências de Corra!, da série Hannibal (principalmente perto do final do longa), com um quê de clima de Anticristo, sem deixar de lado A chave mestra, Colheita Maldita (filme inspirado na obra homônima de Stephen King), O homem de palha, e, como me disse a Ana, que é megafã de Supernatural, inclusive um episódio da série que sacrificava “estrangeiros”  em prol do “bem” da cidade de Burkitsville, no décimo-primeiro episódio da primeira temporada da série, tudo isso também é bem sentido em Midsommar – O mal não espera a noite. Com todas essas referências, senão inspirações, dá para imaginar o desconforto que o filme passa.


Com 147 minutos (171 na versão do diretor), ser longo é um problema no filme. As partes boas são realmente boas e chocantes, o culto e o que parece haver de muito sinistro por trás deles é bem estabelecido, mas os personagens, especialmente os secundários, não são muito aprofundados e, quando começam a “desaparecer”, a tendência é que o telespectador não ligue m…

La Boya, um filme de Fernando Spiner

Projeto Gemini traz a nova tecnologia 3D+, apela ao público gamer e proporciona uma intensa imersão

Dirigido pelo Hollywoodiano vencedor do Oscar®, Ang Lee, e produzido pelos renomados produtores Jerry Bruckheimer, David Ellison, Dana Goldberg e Don Granger, o novo filme de Will Smith, “Projeto Gemini” traz a inovadora tecnologia 3D+, High Frame Rate, em que o filme é gravado em 124fps (os filmes normalmente são gravados em 24 fps), o que nos dá uma visão ultra dimensionada de detalhes e uma sensação de total imersão nas cenas do filme.

No longa de ação, Will Smith vive o papel de um misto de agente/assassino, “Henry Brogan” que, ao decidir se aposentar, é surpreendido sendo perseguido por um agente mais novo de seu próprio bureau. No elenco também estão Mary Elizabeth WinsteadClive Owen e Benedict Wong.


Com a temática científica da possibilidade da clonagem humana para fins bélicos, lembra outras abordagens tais como O Soldado Universal e O Exterminador do Futuro.

Em suas cenas de ação, claramente podemos sentir referências a Missão Impossível com algumas pegadas ao bom estilo John …