Pular para o conteúdo principal

Os melhores e mais esperados jogos de 2019 - Round One!

            

Os jogos mais esperados e de melhor crítica até agora!


Estamos quase na metade do ano e já era tempo de fazer uma matéria sobre os melhores jogos do ano, já lançados e ainda esperados. A E3 foi muito promissora e ainda há muitos jogos esperados para esse ano e muitos que foram lançados com grande sucesso, como Resident Evil 2 Remake, Apex Legends e Mortal Kombat 11.
Obviamente esse artigo é grande demais para uma publicação só, então vamos dividi-lo e falar sobre jogos lançados e streamers incríveis que estão fazendo gameplays para divulgá-los (sempre bom dar uma força para nossos streamers). Espero que gostem!

1.      RESIDENT EVIL 2 (BIOHAZARD) – REMAKE

Resident Evil 2 (ou Biohazard) com certeza foi um dos jogos mais esperados do ano e de maior sucesso, vendendo três milhões de unidades na semana do lançamento!



Esse não é o primeiro remake que a franquia ganha. Resident Evil 0 e 1 já ganharam ótimos visuais para o Nintendo Wii. Com certeza, esse foi o de maior sucesso até agora.
Resident Evil 2 com certeza é um dos jogos que mais marcou minha infância e vê-lo ganhar uma repaginada tão bem-feita foi maravilhoso! Nesse jogo, Leon S Kennedy vai para Raccoon City para seu primeiro dia de trabalho na RPD (Raccoon Police Department) e Claire Redfield passa pela cidade procurando seu irmão desaparecido, Chris Redfield, membro do STARS e protagonista de Resident Evil 1 junto a Jill Valentine. Nenhum dos dois esperava se conhecer em uma fuga de zumbis em uma cidade fantasma, mas, se quiserem sobreviver a isso, precisarão se ajudar e fugir dessa cidade condenada.


Em meio a uma fuga eles acabam se separando, e é aí que o jogo começa. Você pode escolher jogar como Leon ou Claire e essa escolha altera a continuidade do jogo. Ele é dividido em cenários e, se você jogar o primeiro com Leon, jogará o segundo com Claire (Claire tem armas melhores, geralmente a gameplay com ela é mais fácil).
Resident Evil começou como uma franquia de survival e o Resident Evil 2 original possuía uma missão onde, chegando à delegacia sem pegar munição para a arma, você desbloqueava uma roupa especial. Isso mostra que é mais importante saber por onde ir e como evitar monstros do que realmente lutar com eles. Nesse jogo, você precisa enfrentar ameaças como zumbis, lickers, plantas que cospem ácido e uma arma biológica letal muito parecida com o grande e conhecido vilão do Resident Evil 3, o Nemesis. Também é o jogo em que descobrimos como o T-vírus foi desenvolvido pela Umbrella e o que fez com que a cidade inteira se transformasse tão rapidamente. A única opção é sobreviver e escapar. No meio da fuga, conhecemos personagens como Ada Wong (que fará parte da franquia por um bom tempo) e Sherry Birkin, a filha de um famoso cientista da Umbrella Corporation.


O jogo não é muito longo, mas tem uma gameplay e missões bem únicas. Tenho certeza de que todos os fãs da franquia vão amar esse remake e, se você ainda não jogou, o que está esperando?


2.      Apex Legends

"Escolha seu personagem. Reúna seu esquadrão. Mostre a todos do que as lendas são capazes."



Apex Legends foi, com certeza, uma das maiores revelações desse ano e uma revelação do Battle Royale. O jogo é situado no universo de Titanfall. Cada herói atirador possui habilidades únicas baseadas em suas lendas e os jogadores formam esquadrões de três jogadores, podendo reanimar os colegas de equipe abatidos. O jogo foi liberado e anunciado no mesmo dia, sendo uma grande surpresa até o lançamento, que foi um grande sucesso. O jogo teve mais de 25 milhões de downloads e virou um grande concorrente ao Fortnite, que dominava o cenário até então.
Cada jogador escolhe um personagem com habilidades únicas e aparência customizável. Os jogadores são agrupados em trios com outros esquadrões de até 60 jogadores para vasculhar o mapa em busca de armas e equipamentos, com o objetivo de vencer outros esquadrões e ser o último grupo sobrevivente.

O jogo é incrível e bem único em questão de Battle Royale. Vale a pena conferir e ficar levemente viciado nessa gameplay divertira que a Eletronic Arts distribui!



Espero que tenham gostado dos dois primeiros itens da lista e fiquem atentos para as próximas dicas de jogos desse ano. Vale muito a pena conferir essas novidades!

Gostam desses jogos? Fazem parte da comunidade? Deixem seu comentário sobre a gameplay desses dois jogos tão diferentes trazidos na primeira parte dessa lista!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Midsommar - O mal não espera a noite tem um quê de dèjá vu com pontas de originalidade, mas peca por ser longo

Com influências de Corra!, da série Hannibal (principalmente perto do final do longa), com um quê de clima de Anticristo, sem deixar de lado A chave mestra, Colheita Maldita (filme inspirado na obra homônima de Stephen King), O homem de palha, e, como me disse a Ana, que é megafã de Supernatural, inclusive um episódio da série que sacrificava “estrangeiros”  em prol do “bem” da cidade de Burkitsville, no décimo-primeiro episódio da primeira temporada da série, tudo isso também é bem sentido em Midsommar – O mal não espera a noite. Com todas essas referências, senão inspirações, dá para imaginar o desconforto que o filme passa.


Com 147 minutos (171 na versão do diretor), ser longo é um problema no filme. As partes boas são realmente boas e chocantes, o culto e o que parece haver de muito sinistro por trás deles é bem estabelecido, mas os personagens, especialmente os secundários, não são muito aprofundados e, quando começam a “desaparecer”, a tendência é que o telespectador não ligue m…

O Exterminador do Futuro - Destino Sombrio, uma bela repaginada em uma franquia querida

Neste ano vimos o retorno de várias franquias queridas (bem, ao menos queridas para os fãs delas, claro) muitos anos depois do último filme delas, como Rambo, Zumbilândia e Os 3 Infernais, mesmo depois daquele final épico. Então temos agora O Exterminador do Futuro - Destino Sombrio. Porém, enquanto  os outros são continuações diretas, mesmo que muitos anos depois, do último filme lançado, este novo longa  de O Exterminador do Futuro é uma sequência direta de O Exterminador do Futuro 2 - O julgamento final, e veio para provar um de vários fatos que fazem dessa franquia um sucesso: a presença de Linda Hamilton. 
Repaginando a história, o filme já começa com cenas digitalmente refeitas para conectar o segundo da franquia a este. E é simplesmente incrível nessa reconstrução, pois a gente fica se perguntando se eram cenas que não foram para o filme de 1991 afinal, mas com o avanço da tecnologia (ai, ai, ai, rs), não notamos isso até que alguém nos conte a real. 

E temos um trio girl powe…

Mario Kart Tour: o que esperar do clássico para mobile?

Com certeza os amantes de Nintendo já souberam da novidade para celular! A Nintendo, diferente de outras desenvolvedoras, muito dificilmente libera um de seus jogos para outra plataforma. Mas como uma boa mãe sempre olha por seus filhos, ela nos deu esse pequeno presente que é o Mario Kart tour!
Em Mario Kart, Mario e seus amigos disputam emocionantes corridas de Kart em paisagens inspiradas em cenários clássicos da franquia. A versão original possuía apenas karts, mas agora temos também motocicletas e algumas telas necessitam de paraquedas para maior interação. Não é apenas um jogo de corrida, mas intensamente competitivo, com caixas surpresa espalhadas pela tela que te dão itens exclusivos para ganhar vantagem, derrubar os inimigos e destruir amizades. Cada circuito possui quatro telas e a pontuação é somada ao longo delas.


Essa versão desse clássico da Nintendo é um tour pelas telas mais queridas e famosas das outras versões (principalmente os clássicos, como Mario Kart 64 e o novo M…