Mostra Horror Noire no CCSP - 8 a 17 de agosto - A representação negra nos filmes de terror


Oi, pessoal, lá venho eu com mais uma dica de terror para vocês. Teremos, como já falei aqui, a mostra Queer Terror, e também a mostra Horror Noire, e não é muito legal a representatividade LGBT e Negra serem homenageadas? Eu acho incrível. E incrivelmente necessário. 

A mostra Horror Noire é uma reflexão do horror como ferramenta criativa para que o negro ocupe as telas do cinema e o que há por trás delas. De 8 a 17 de agosto, o Centro Cultural São Paulo (CCSP) sediará a mostra Horror Noire, em parceria com a Darkside Books, que está lançando o livro Horror Noire, da Dra. robin R. Means Coleman. 

A mostra exibirá clássicos como A noite dos mortos-vivos e O mistério de Candyman, além de obras do Blaxpoitation, como Blacula, o vampiro negro, além dos sucessos mais recentes do gênero, como Corra! e Nós, ambos de Jordan Peele. 

Aproveitem e leiam o ótimo texto do Bruno Roque sobre Nós, que saiu recentemente em um DVD recheadinho de extras, clicando aqui. E leia aqui, no blog da DarkSide, o próprio Jordan Peele falando sobre Nós e seus próximos projetos, que incluem o remake de Candyman, cujo livro foi lançado aqui no Brasil recentemente também em uma edição lindíssima pela DarkSide Books. 



A mostra contará com o lançamento do livro Horror Noire, da Dra. Robin R. Means Coleman, publicado no Brasil pela DarkSide Books. O livro traz com uma ampla e profunda pesquisa sobre o papel e importância dos atores e cineastas negros no avanço da representatividade no terror. O documentário Horror Noire, produzido pelo streaming de terror Shudder, é inspirado na obra de Coleman e traz entrevistas com personalidades do cinema e da TV, como o diretor Jordan Peele. Para a autora, o horror abre espaço como ferramenta criativa para o negro ocupar tanto a tela quanto o que há por trás das câmeras.

No dia 10 de agosto, após a exibição do documentário, haverá um bate-papo com o crítico Heitor Augusto, a pesquisadora Kênia Freitas e a escritora Cecília Floresta, que colaborou com a edição brasileira de Horror Noire e, em seguida, haverá uma sessão do terror Nós, dirigido por Peele, com Lupita Nyong’o Winston Duke no elenco. Lançado neste ano e aclamado pela crítica, Nós revela a performance arrepiante de Nyong’o enquanto nos prende à uma trama sombria que começa durante uma viagem de verão. 

A DarkSide Books estará presente no evento com a venda de livros do catálogo, incluindo a edição brasileira de Horror Noire e Candyman com um brinde exclusivo. Os demais livros da Caveira terão preço especial com 10% de desconto e a venda acontecerá na entrada do auditório, todos os dias de evento, com pagamento em cartão ou dinheiro. 
A mostra Horror Noire acontece no Centro Cultural de São Paulo entre os dias 8 a 17 de agosto, e a entrada é gratuita – os ingressos devem ser retirados individualmente para cada filme na bilheteria do local. Confirme sua presença no evento clicando aqui.
Confira a programação abaixo, de acordo com o CCSP:
— 08/08
16h00 – O Mistério de Candyman
18h00 – Assalto à 13º DP
20h00 – A Noite dos Mortos-vivos
— 09/08
16h00 – Tales From The Hood
18h00 – Bones – O Anjo das Trevas
20h00 – Bracula, O Vampiro Negro
— 10/08
15h15 – Horror Noire: A História do Horror Negro
17h00 – Debate com Heitor Augusto, Kênia Freitas e Cecília Floresta
20h00 – Nós
— 11/08
15h00 – O Nó do Diabo
18h00 – O Mistério de Candyman
20h00 – Corra!
— 15/08
16h00 – Horror Noire: A História do Horror Negro
18h00 – Corra!
20h00 – Nós
— 16/08
15h00 – O Nó do Diabo
18h00 – Bones – O Anjo das Trevas 
20h00 – A Noite dos Mortos-vivos
— 17/08
16h00 – Assalto à 13º DP
18h00 – Bracula, O Vampiro Negro
20h00 – O Despertar dos Mortos 

Comentários