Pular para o conteúdo principal

The Righteous Gemstones -- Uma comédia escatológica americana que dialoga bem com muito do que vemos no Brasil #HBO



A comédia escatológica ‘THE RIGHTEOUS GEMSTONES’ estreou no domingo dia 18 de agosto e trouxe uma boa pitada de reflexão sobre o abuso do poder, sobre até onde vão nossas ideologias e nossa idoneidade e também, uma dose de “mundo evangélico” que pelo visto, não ocorre somente no Brasil.

Com um episódio de uma hora de duração, a série de comédia THE RIGHTEOUS GEMSTONES estreou domingo, 18 de agosto, às 23h, no canal HBO.  Nos demais domingos são exibidos episódios de apenas meia hora de duração.

Composta por nove episódios, a série tem produção executiva de Danny McBride, David Gordon Green, Jody Hill, John Carcieri, Jeff Fradley e Brandon James.


Danny McBride, John Goodman, Edi Patterson e Adam Devine, estrelam a produção que conta a história de uma família televangelista de renome mundial com grande tradição de desvio, ganância e trabalho de caridade. Você conhece algo parecido, aqui no Brasil? Se sim, vai se divertir com o tom irreverente da produção e de como tiram sarro de algumas inusitadas e divertidas emboscadas em que os personagens se envolvem e de que não conseguem sair.

Vale a pena conferir e ver alguns de nossos atores de comédia favoritos fazendo papéis de Cristãos, Evangélicos um tanto quanto desbocados e muito ambiciosos!


Nessa família, faltam escrúpulos e sobra humor. A trama se passa no Texas em um passado não tão distante assim, percebemos pelo sotaque, figurino e também pelos acessórios, penteados, televisores, notem o estilo “anos 90” e o quanto se aproxima essa esquete da realidade de alguns cultos evangélicos bem conhecidos de nosso pais.

Uma sátira que faz uma leve crítica social, mas que te envolve no riso e nos bons diálogos dos personagens.

Trailer:


Texto por: Giovana Landucci

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Midsommar - O mal não espera a noite tem um quê de dèjá vu com pontas de originalidade, mas peca por ser longo

Com influências de Corra!, da série Hannibal (principalmente perto do final do longa), com um quê de clima de Anticristo, sem deixar de lado A chave mestra, Colheita Maldita (filme inspirado na obra homônima de Stephen King), O homem de palha, e, como me disse a Ana, que é megafã de Supernatural, inclusive um episódio da série que sacrificava “estrangeiros”  em prol do “bem” da cidade de Burkitsville, no décimo-primeiro episódio da primeira temporada da série, tudo isso também é bem sentido em Midsommar – O mal não espera a noite. Com todas essas referências, senão inspirações, dá para imaginar o desconforto que o filme passa.


Com 147 minutos (171 na versão do diretor), ser longo é um problema no filme. As partes boas são realmente boas e chocantes, o culto e o que parece haver de muito sinistro por trás deles é bem estabelecido, mas os personagens, especialmente os secundários, não são muito aprofundados e, quando começam a “desaparecer”, a tendência é que o telespectador não ligue m…

La Boya, um filme de Fernando Spiner

Projeto Gemini traz a nova tecnologia 3D+, apela ao público gamer e proporciona uma intensa imersão

Dirigido pelo Hollywoodiano vencedor do Oscar®, Ang Lee, e produzido pelos renomados produtores Jerry Bruckheimer, David Ellison, Dana Goldberg e Don Granger, o novo filme de Will Smith, “Projeto Gemini” traz a inovadora tecnologia 3D+, High Frame Rate, em que o filme é gravado em 124fps (os filmes normalmente são gravados em 24 fps), o que nos dá uma visão ultra dimensionada de detalhes e uma sensação de total imersão nas cenas do filme.

No longa de ação, Will Smith vive o papel de um misto de agente/assassino, “Henry Brogan” que, ao decidir se aposentar, é surpreendido sendo perseguido por um agente mais novo de seu próprio bureau. No elenco também estão Mary Elizabeth WinsteadClive Owen e Benedict Wong.


Com a temática científica da possibilidade da clonagem humana para fins bélicos, lembra outras abordagens tais como O Soldado Universal e O Exterminador do Futuro.

Em suas cenas de ação, claramente podemos sentir referências a Missão Impossível com algumas pegadas ao bom estilo John …