Marés, um filme sobre a vida de um acoólatra, uma vida com altos e baixos, como as ondas do mar

O filme “Marés”, de João Paulo Procópio, conta a história de Valdo Gomes (Lourinelson Vladmir), fotógrafo excepcional que se casa com Clara (Julieta Zarza) e ambos têm uma filha, Pina (Pina Zaya). Devido a problemas com o alcoolismo Valdo chega ao fundo do poço. Depois a separação do casal, na audiência de conciliação, fica a proposta de Valdo frequentar os Alcoólicos Anônimos (AA) para poder ver a filha. 


O filme se passa na época do Impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e retrata além do alcoolismo o embate entre a esquerda e a direita brasileira e os preconceitos da população. Em seu tema principal, o alcoolismo, o autor exprime de maneira verídica as lutas que um alcoólatra passa dia-a-dia para vencer seu vício, mostrando os altos e principalmente baixos que esses doentes passam. 


O filme, que se divide em duas etapas e em altos e baixos, personificada a doença no roupão que acompanha Valdo. Está enfermidade o fez perder tudo, mas Procópio mostra que mesmo após baixas há reerguidas. 



“Marés”, além de destacar os dilemas vividos por Valdo nos faz refletir sobre nossas mazelas.

Nota 3,7 litros de qualquer bebida alcoólica que esteja disponível (3,7/5)

Texto por: Otávio Yuki 

Trailer:
 

Comentários

Postagens mais visitadas