Acidez sem Açúcar: #Veganismo - Como eu, que era o próprio Leão de Madagascar, me tornei vegana e um Q&A das perguntas chatas que eu ouço/leio e como respondo

Eu não virei vegana por "modinha". Na verdade, eu jamais tinha imaginado que isso viria a acontecer, mesmo com todo o meu amor pelos animais e por suas causas, inclusive há anos já usando produtos (especialmente cosméticos) cruelty-free e, de preferência, veganos. Até minha pasta de dente é vegana, meus xampus e condicionadores também, mas não vou ser hipócrita e confesso que foi todo um processo, uma reprogramação.

 


Foi um looongo percurso, mas já faz alguns anos em que venho pensando nisso e agindo quanto a isso. Faltava o último passo, a carne. Se me importo tanto com os animais, se tenho informações, seja por leitura ou documentários e vídeos [sim, eu me torturei por livre e espontânea vontade, e bastante, vendo vários vídeos de bichinhos sofrendo para virar comida, para conseguir me livrar do último ponto que me impedia de ser vegana: a carne, especialmente a vermelha]. E não era só pela B12, eu amava mesmo. 

Já adolescente eu ouvia The Smiths, e, claro, Meat is Murder era uma das músicas que eu ouvia. Mas eu jurava pra mim mesma que não podia viver sem carne. E descobri que não só dá sim, como hoje não sinto nenhuma falta nem vontade.

Comecei com os laticínios. Sim, não somos bezerros para beber leite de vaca e elas sofrem. São forçadas a engravidar para dar leite, e, bem... os filhotes, logo separados da mãe... são criados e vão pro abate, ou vão pro abate logo de cara. Carne de vitela. 

"Existem 2 tipos de carne: a branca e a rosada. No caso de produção de carne branca o objetivo deste sistema é obter bezerros com 115 a 200 kg de peso vivo (70 a 125 kg de carcaça), com aproximadamente, 3 a 4,5 meses de idade. Para tanto os bezerros precisam ganhar, em média, mais de 900 g/cabeça/dia, com boa conversão alimentar.

A carne rosada é produzida com bezerros de 5 a 6 meses de idade, com um peso vivo de 225 a 250 kg ou 135–150 kg de carcaça. Para atingir este peso os animais precisam ganhar, em média, 1,2 kg por dia, com boa conversão alimentar." (Fonte)

E eu já não era mais fã de leite desde a adolescência, mas até gostava de leite Ninho líquido. Fui eliminando da minha dieta. E os queijos? Idem, amava. Hoje, só queijo vegano. Pode ser difícil de achar, mas não é impossível. (Tirando minha fase fast-food, da qual não me envergonho, pois estava com depressão - pode falar de depressão no #setembroamarelo, né? #ironiamodeon), eu já vinha aderindo a uma alimentação bem mais saudável desde 2016. Fazendo boas escolhas, pelo menos na medida do que achamos pra vender, né?

A indústria de ovos.... Vejam o vídeo, mas já digo (e eles dizem no vídeo também) que as imagens não são fáceis de ver.



Quando decidi que ia um dia parar de comer carne, não optei pelo ovolactovegetarianismo - e, diga-se de passagem, vi muita hipocrisia nesse meio. Gente que se diz ovolactovegetariano ou vegetariano, mas come peixe. Como se peixe desse em árvore. =/ Gente que me julgava quando eu me enchia de carne, se dizia vegetariano, me criticava mesmo, mas, ah, "hoje não resisti e comi um monte de churrasco". 

Foi um processo, como eu falei. Hoje são exatos 41 dias sem carne, de forma alguma. E me alimento melhor, emagreci 4 kg de forma saudável, isso em plena pandemia. E sem fazer exercícios [ainda, já nos planos, visto que não é por gordofobia, e sim por saúde que preciso emagrecer] (porque esforço é diferente de exercício). Caminhada não é a mesma coisa que camelar até mercados etc. e musculação é bem diferente de carregar sacolas ou fazer tarefas domésticas. Tem um propósito, mas não vou me adentrar nisso. 


Arnold Schwarznegger, entre outros halterofilistas e atletas, atualmente é vegano

Q&A - Algumas das perguntas e alguns dos comentários mais comuns que já ouvi desde que me tornei vegana e como respondi, só que mais elaboradinho (ou não) porque é um post no site

1) Mas vegano tem essa mania chata de querer ficar doutrinando as pessoas. Ana, todo vegano é chato? 

Depende. Conheço muita gente chata que não é vegana. 

Toda doutrinação, especialmente a excessiva, é chatíssima. Vide doutrinação religiosa. Acho que a base é o respeito. Infelizmente, tem muuuuuita gente que desconhece o significado dessa palavra e outros têm dificuldade de colocar em prática, sei lá por que diabos, mesmo sabendo desse significado. Que nem "a tal da empatia".

2) "Todo vegano que eu conheço acabou voltando a ser, no mínimo, ovolactovegetariano, isso sem contar os que voltaram a comer carne." Sim, já ouvi essa M**** (pus os asteriscos porque quis, poderia ter escrito merda, oops, escrevi).

Você fez um estudo científico (ou vários, que são necessários, na verdade) seguindo os devidos protocolos? Ou "todos os (ex-)veganos" que você conhece se resumem a, o que, 3 pessoas? (Não passo disso. Sem paciência.) 

Quando uma pessoa já chega com um negativismo assim, já percebi (da única vez em que tentei) que não adianta argumentar, nem com estudos comprovados cientificamente. A pessoa só quer ter razão, te desestruturar ou te encher o saco. A vontade é de mandar catar coquinho e me dar pra eu comer depois. Afinal coco é vegano e adoro.


3) Se você for na casa de alguém e te oferecerem carne, você vai recusar?

Vou, educadamente. Não é falta de educação minha recusa, o que não é educado é querer forçar alguém a comer o que a pessoa não come ou não quer comer, mesmo que seja só no momento. É desrespeitoso, para falar a real. Lamentável.

4) Você gosta de cozinhar. Prepararia um prato com carne para um amigue?

Não. Pura e simplesmente, não. Mas não o(a) impediria de fazê-lo nem de comer na minha frente. 

5) Nem vou me adentrar a fundo no lance do "mito" da vitamina B12 em que, confesso, também acreditei durante anos. Mas ouço a pergunta: e a vitamina B12 e os nutrientes que só se encontram na carne vermelha?

Vou dar uma resposta (meio) neutra: Pelo que li, pelos estudos que li, muitos onívoros (todes, na verdade) deveriam controlar não só a B12 como outros elementos básicos em seu organismo. Por meio de exames com médicos devidamente qualificados e não se entupindo de Centrum e outras dessas porcarias da vida. Porque ser onívoro não quer dizer que a pessoa tenha uma refeição balanceada. Ou vão me dizer que arroz, feijão e bife com 3 rodelas de tomate e 3 folhas de alface todo dia suprem mesmo toda a necessidade de nossos organismos? 

Também não vou falar do quanto a carne, especialmente a vermelha, demora pra ser digerida pelo nosso organismo e que o ser humano não nasceu para beber leite de vaca, pois não é bezerro. Ooops, já falei. Mas não vou doutrinar, apenas comentei algo que é verdade. 

6) Ah, mas os produtos veganos são ("todos") tão caros!

Só isso daria um artigo, mas vamos lá. Arroz é vegano, feijão é vegano, legumes são veganos, e, sim, há produtos veganos caros tanto quanto há produtos não veganos caros e caríssimos! Ou ostra é barata? Lagosta? Queijos não veganos são baratíssimos, não? Já comprei queijo tipo parmesão ralado beeeem mais barato que o queijo "normal". 

Então fica só a reflexão e uma dica aqui de um grupo bem bacana de que faço parte e que sempre são solícitos quando pedimos dicas e/ou receitas e tal: Veganos Pobres Brasil.

7) Mas não é limitador?

Muito pelo contrário, pois ao buscar alternativas, acabamos comendo coisas que deixávamos para lá e/ou acontece de surgir uma paixão inesperada, como meu amor por grão de bico que eu costumava detestar. E acabam surgindo pratos saborosos, coloridos e bonitos também (e uns feinhos também, rs, mas é a vida). Comida não foi feita para ser (necessariamente) bonita; chefs, não me matem!, rs, mas se for gostosa e ainda bonita (como na foto abaixo), aí já saímos no lucro. 

8. Se você estiver em condições extremas e tiver que comer carne, você come?

Meu anjo, em condições extremas, o ser humano recorre até ao canibalismo. (Sim, eu dei essa resposta exatamente assim!)

9. Tem mais perguntas/comentários? Sim, mas por hoje é só, pessoal.

E, pra finalizar, um videozinho bacanérrimo da Ritinha Von Hunty lá do @TemperoDrag na @Netflix voltando às raízes com aquele cupcake vegano de Para todos os garotos que já amei. <3


 

Comentários

Postagens mais visitadas