44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Cartaz Oficial da 44ª Mostra

Pela primeira vez, um dos nossos maiores festivais de cinema, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo será majoritariamente realizada de forma virtual, o que já era de se esperar devido às consequências causadas pela pandemia do Covid-19, o anúncio foi feito lá no mês de agosto (em 17/08), quando a organização, por meio da página da Mostra no Twitter. Mais recentemente, no último dia 10/10, aconteceu a coletiva de imprensa do evento, também online, e mais novidades foram divulgadas.

A pandemia causada pelo Covid-19, como não poderia ser diferente, é tema central de alguns títulos que serão exibidos na 44ª Mostra, especialmente documentários, com destaque para Coronation, dirigido pelo ativista chinês Ai Weiwei, um documentário corajoso e com imagens poderosas feitas clandestinamente em Wuhan (cidade onde foi registrada o primeiro caso de Covid-19 e berço mundial da pandemia), além de Sportin' Life, do diretor norte-americano Abel Ferrara, que mostra a chegada da pandemia na Europa. Para além da pandemia do Covid-19, é também da China que vem a inspiração da arte do cartaz da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, uma emblemática foto do cineasta Jia Zhangke. Na imagem, vemos um homem acendendo incensos para a estátua de WenQuxing, legendária divindade da literatura e da escrita. Além do cartaz, Jia Zhangke também nos traz seu documentário Nadando Até o Mar se Tornar Azul e o curta A Visita, em que a Covid-19 é o principal personagem. 

Cena do documentário Coronation

O evento sendo realizado de forma virtual não é a única novidade a respeito da 44ª Mostra. Nesse ano, o Prêmio Humanidades será entregue aos funcionários da Cinemateca Brasileira e também ao documentarista americano Frederick Wisema, em que pela primeira vez a Mostra concede um prêmio de forma coletiva. Como homenageados na edição desse ano, temos a produtora Sara Silveira (que também integra o júri da Mostra) sendo homenageada com o prêmio Leon Cakoff, e uma homenagem póstuma ao cineasta Fernando Coni Campos (1933 - 1988) com exibição dos longas Viagem ao Fim do Mundo (1968), Ladrões de Cinema (1977) e O Mágico e o Delegado (1983). Uma outra grande novidade para esse ano, será a realização de um curso on-line sendo ministrado pelo mestre Ruy Guerra, intitulado A História do Cinema segundo Ruy Guerra.

Cena de "O Mágico e o Delegado"

Para garantir a qualidade de transmissão de todas as produções cinematográficas a serem exibidas durante o evento, a Mostra trabalhará com as empresas Festival Scope e Shift72, que além da 44ª Mostra, foram responsáveis também pelas edições online do Festival de Toronto, Festival de Tribeca e pelo Mercado de Cannes. Com isso, a 44ª Mostra terá uma plataforma de streaming exclusiva, a Mostra Play, e todos os filmes da Mostra poderão ser acessados pelo site oficial do evento, o qual nos direcionará para as plataformas de exibição. Os títulos disponibilizados na Mostra Play custarão R$ 6,00 por visualização. Dada as diferentes formas de exibição e o valor reduzido dos ingressos, esse ano a Mostra não oferecerá pacotes e haverá um número limitado de visualizações por filme, e tendo em vista que este ano a Mostra não trará seus convidados para São Paulo, a presença dos diretores e profissionais da área se dará por meio de vídeos enviados previamente, entrevistas especiais gravadas, e lives, do mesmo modo. O Fórum da Mostra (que esse ano terá sua quarta edição) também ganhará uma versão virtual.

Ao todo, a seleção de filmes exibidos na 44º Mostra somam 198 títulos, dos quais cerca de 150 terão exibição na Mostra Play. Originários de 71 países, os filmes serão apresentados nas seções "Perspectiva Internacional", "Competição Novos Diretores", "Mostra Brasil" e "Apresentação Especial". Além das exibições em seu streaming oficial, a 44ª Mostra ainda terá sessões no Belas Artes Drive-in (Memorial da América Latina), Cinesesc Drive-in (unidade Sesc Parque Dom Pedro II) e nas plataformas do Spcine Play e Sesc Digital, que darão acesso gratuito a 30 títulos. A abertura da 44ª Mostra será no próximo dia 22 de outubro (quinta-feira), com o filme Nova Ordem (New Order), longa dirigido pelo mexicano Michel Franco, e vencedor do Grande Prêmio do júri em Veneza. O evento será às 19h30, no Belas Artes Drive-In, e contará com a apresentação virtual de Renata de Almeida, diretora da Mostra, e o apresentador de TV Serginho Groisman. O público terá acesso à cerimônia pela plataforma Mostra Play e, a partir das 00h01 do dia 23/10, o filme também poderá ser visto online na mesma plataforma.

Cena de "Nova Ordem", filme que abre a 44ª Mostra

A 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo acontece entre 22/10 e 04/11, e você pode acompanhar tudo sobre o evento, assim como toda a programação, no site oficial da Mostra.

Comentários

Postagens mais visitadas