Crítica do filme As aventuras de Paddington 2


Ainda em dezembro, eu tive a deliciosa oportunidade de conferir em primeira mão, na cabine de imprensa da Imagem Filmes, se o filme As Aventuras de Paddington 2 era tão legal quanto o primeiro. O filme estreará em breve e, sim, não só é uma fofurinha de filme como consegue ser ainda melhor do que o primeiro que eu já achei incrivelmente demais! 

Sem o lance da “novidade” do urso que sai do bosque e vai para Londres, na verdade, sem o lance da "novidade" em si, essa sequência conseguiu mesmo a façanha de ser ainda melhor do que o primeiro filme. Exatamente, conseguiu superar em termos emocionais, artísticos, em singularidade e na suprema arte de contar histórias o original. Uau!

Se você ainda não viu o primeiro, corre lá no Netflix porque logo estreará o segundo, que já é “Certified Fresh” lá no Rotten Tomatoes. As aventuras de Paddington está com 98% lá no RT!


Encantador, singelo, com boas piadas e sem aqueles muitos clichês e piadas óbvias demais, infelizmente comuns em muitos filmes infantis, eis mais um filme que se encaixa naquilo que já mencionei antes como “feel-good movie”. Assim como com o primeiro, fiquei com um sorriso no rosto um bom tempo depois de assistir ao filme, e o sorriso entorta para cima os cantos dos meus lábios novamente ao lembrar de ambos. 

Lá no próprio Rotten Tomatoes, um crítico diz que este é O Poderoso Chefão 2 dos filmes do urso peruviano, e eu não tenho como concordar mais. Porque não é apenas melhor do que o original, é ainda melhor do que um original incrível! Ou seja, quando o padrão é um filme praticamente excelente, e o segundo consegue ser ainda melhor... isso é realmente uma joia rara lapidada em forma de coração! <3



Humor, aventura, amizade, um hino à multiculturalidade, um uso esplêndido da arte de contar histórias, e de quebra Hugh Grant como o vilão hehehe O filme é mágico, é fantástico, aquece nossos corações e faz com que tenhamos um pouco mais de fé na humanidade. 

O carisma do elenco, o brilhantismo em várias cenas, até mesmo aquelas clássicas de comédia slapstick, tudo isso faz desse filme um para ser visto e revisto, com a família, com os filhos, sozinho ou até mesmo com seu animalzinho de estimação. Porque já conhecemos os personagens principais (e até mesmo alguns secundários), sobra ainda mais tempo para explorar as relações entre eles e nos prover um deleite ainda maior nessa segunda instância da história desse ursinho apaixonado por marmelada. 



A fotografia e os efeitos usados para contar a história são excelentes, e ver o Décimo Segundo Doutor como o vizinho ranzinza de novo foi novamente muito divertido ;)  Uma joia rara de filme para crianças que muito certamente poderá derreter o coração até mesmo de adultos mais rabugentos como o próprio personagem de Peter Capaldi neste filme. 


Não recorrendo a piadas fáceis e óbvias demais, com uma sutileza encantadora, esse filme tem aquele lance de nostalgia inglesa e um quê de filme da Pixar, mas com sua singularidade que faz dessa série algo único, memorável e totalmente bom de se rever com ou sem um chá quentinho como acompanhamento. 

Nota: 5 de 5 sanduíches de marmelada. 

Ps.: No momento em que redigi essa crítica, o filme estava com 100% no Tomatometer! :)

As aventuras de Paddington 2 estreia em 01/02/2018. :)

Trailer:



Comentários