Desencavei: Resenha do livro O gato por dentro, de William Burroughs (Editora L&PM) - Um livro para pessoas que amam gatos


William S. Burroughs viveu seus 83 anos escrevendo livros controversos, para dizer o mínimo e, em “O gato por dentro”, cuja introdução, embora curta, mostra um pouco da vida e obra do autor, de uma forma tão sucinta quanto os textos lindíssimos e tocantes deste livro.

Gostei do livro não só pela temática, como também pela bela tradução da edição da L&PM, que deu fluidez à leitura. Em “O gato por dentro”, William Burroughs, escreve em uma forma de diário-crônicas-relatos curtos de suas experiências com gatos, mas não parando apenas por aí. Ele também analisa seres humanos, cachorros e a sociedade nestas 102 páginas. Com textos que, muitas vezes, nos levam a pensar e repensar nossos preconceitos, pois o próprio autor diz, logo no começo, que não era tá aficionado por gatos assim… até conhecê-los melhor, digamos assim.
“O gato não oferece serviços. Ele se oferece. Claro que ele quer carinho e abrigo. O amor não é de graça. Como todas as criaturas puras, os gatos são pragmáticos.”
E não é muito diferente com os seres humanos. Infelizmente, porém, o ser humano é incapaz, com uma frequência absurda, vide guerras, holocaustos, etc., de lidar com o diferente, com o que não conhece, com o misterioso. Quer você goste ou não de gatos, esses animais fascinantes são mostrados a nós sob a óptica de Burroughs, em belíssima prosa poética.
“O gato branco simboliza a lua prateada que se intromete nos cantos e purifica o céu para o dia seguinte.”
“A maioria das pessoas não são nem um pouco fofas, ou, quando são, logo crescem e perdem a fofura… Elegância, graça, delicadeza, beleza e nenhuma inibição.” {a segunda parte se refere a um gato, filhotes, o quadro geral vocês entenderão melhor ao lerem o livro, não pretendo estragar a surpresa}
As palavras soltam-se das páginas, formam imagens e dão asas à imaginação. O livro é daqueles que lemos sem largá-lo e não é apenas por ser pequeno e curto, mas sim por ser belo, encantador, emocionante; nos faz rir, chorar, pensar e refletir até mesmo depois de um tempo após a leitura.

Nota: 5 gatíneos fofíneos

Comentários

Postagens mais visitadas