#DVD #HomeVideo - Siembamba - A canção do mal - Quando o mal perpetrado pelos seres "humanos" é pior do que o mal sobrenatural



O "curioso" foi como decidi ver esse filme, Siembamba - A canção do mal..Depois de escolher um filme fofinho, que meu leitor rebelde de DVD se recusou a rodar, coloquei esse, o primeiro da minha pilha de DVDs. E funcionou... Pensei, ah, o que é um filminho de terror antes de dormir?


Pois é...  Ainda o subestimei bastante, pois achava que seria mais uma versão genérica de A Profecia, mas não. A canção que dá nome ao filme em português é pavorosa. Supostamente uma canção de ninar (em inglês o filme se chama The Lullaby), tem a letra mais ou menos assim:


Siembamba, o bebê da mamãe
Siembamba, o bebê da mamãe
Vire o pescoço, jogue-o na vala
Pise em sua cabeça, então ele está morto

Que porra é essa agora?
  
 
Que "fofura" de canção de ninar, não? (Que é em Afrikaans e tive que traduzir no Google, mas no filme a mãe de Chloe cata (o que em si é mais sinistro ainda) e é mais ou menos isso mesmo. A propósito, o filme é da África do Sul). Mas a quebra das minhas expectativas já aconteceram nas pimeiras cenas, em que se mostra como mulherers em campos de concentração eram estupradas e seus filhos dos estupradores, mortos, ainda como se elas tivessem cometido pecado.



Daí o que eu vou falar não é spoiler, pois é uma ligação óbvia: filha aparentemente rebelde volta grávida para a casa da mãe. Quem é o pai do bebê? Saberemos no decorrer do filme, mas é óbvio que ela foi estuprada. Chloe começa se comportar de forma estranha com o bebê, sua "insanidade"  se reflete em sua aparência, e vamos tendo desconstruídos a figura do pai, da mãe, da fuga de Chloe, de seu "amigo", Adam... E temos o psiquiatra. Um psiquiatra famoso e inteligente que prefere ficar em uma cidadezinha no meio do nada. Ele chega a falar que todos precisamos de muletas para viver. E parece que ele tem um plano para Chloe.


Eu sempre desconfio de psiquiatras, mesmo amando Hannibal, desde Hannibal, desde aquele de cujo nome nem me lembro e abomino da primeira temeporada de American Horror Story - Murder House, na minha opinião o verdadeiro vilão daquela temporada de AHS, e tem também o psiquiatra em Garota na névoa

O final é terrível, mas não em termos de qualidade do filme, e sim, de maldade. E uma grande prova de que a maldade humana pode ser imensa. Um filme chocante, apesar de lidar com temas óbvios, que cumpre bem sua função e nos faz refletir especialmente sobre como as mulheres são tratadas na sociedade.

Nota: 4 bebês com seus pescoços torcidos e jogados do penhasco



Comentários

Postagens mais visitadas