#MOMENTOTELECINE: VERÃO - E UM MUSICAL RUSSO

Verão, ou Leto, é um filme biográfico, dirigido por Kirill Serebrennikov, sobre dois músicos do rock Russo, Viktor Tsoi (Teo Yoo) e Mike Naumenko (Roma Zver’), no começo dos anos 80, quando o regime soviético ainda via o mundo ocidental como inimigos. A obra se foca bastante no início e na ascensão da carreira de Viktor e de como Mike, sendo um artista consolidado, foi importante ao ser seu mentor. E também, no triangulo amoroso que se formou entre eles e Natacha (Irina Starshenbaum), esposa de Mike.  

O longa é um musical, que chama a atenção sobre a forma como foi filmado, em preto e branco, com elementos punk surgindo durante as cenas de música ocidental e os detalhes, principalmente em vermelho, aparecendo em momentos específicos do filme. Também se podem destacar as cenas gravadas como se fossem vídeos caseiros e as que são quase um videoclipe musical. Apesar de quebrar um pouco a continuidade do filme, trazem personalidade e certa nostalgia para a obra. 



O longa aborda bastante a importância da música para a vida dos personagens, não só por serem músicos, mas por representar a personalidade deles, muitos são rebeldes, tanto por seus visuais ou atitudes, como comprar discos proibidos de artistas americanos ou ingleses. 

  

Kirill Serebrennikov representou bem a Rússia opressora da época, como na cena do show, no começo do filme, em que as pessoas assistiam sentadas, sem fazer barulho ou exibindo cartazes de apoio à banda, por ser proibido. O filme é jovem, melancólico e rebelde, muito divertido de assistir, e foi dito como um dos melhores no Festival de Cannes do ano de 2018.  


Verão é divertido, tem um bom drama e é bom para experimentar filmes de outras nacionalidades e sair um pouco dos títulos norte-americanos.

 

Nota 4/5




Comentários

Postagens mais visitadas